Notícias

MADEIRA, PEDRA, TINTA

25.-Yaguareté-30x40-cm-R-60000

Yaguareté, jaguar, onça-pintada, enfim, os guaranis a conhecem muito bem. Frequentemente ela está representada em seus bichinhos de madeira. Dizem que os bichos aparecem em sonhos antes que sejam talhados em madeira. Este animal é a manifestação mais vigorosa da vida selvagem, a expressão daquilo que é mais ameaçador para nós, frágeis senhores da Terra. Convinha portante, mantê-lo a uma distância segura… Mas como sempre, erramos na dose, e hoje este belo animal que vivia por todo Rio Grande do Sul, está confinado a uma restrita área de floresta, na reserva do Turvo, margens do rio Uruguai. Precisávamos disso?… Lápis aquarelável e acrílica sobre papel – 30 x 40 cm – R$ 600,00. Disponível para aquisição (com 20 % de desconto para apoiadores das Crônicas da Paisagem).

27.-Mangona-21x30-cm-R-30000

Em Torres havia magníficos escultores. Talhavam e depois poliam difíceis pedras. Expressavam os animais do seu ambiente. Os que lhes serviam de alimento, os que os ameaçavam, enfim, os que de alguma lhes infundiam um reverente respeito. O tubarão é uma obra que se tornou muito conhecida pela sua elegante sutileza, e sua esquematização equilibrada e robusta. Fazer uma escultura assim, numa pedra dura como o basalto, exige tempo e maestria, observação acurada e sensibilidade. Decididamente, o termo “selvagem” deve ser redefinido. Café, aquarela e lápis de cor sobre papel – 21 x 30 cm – R$ 300,00. Disponível para aquisição (com 20 % de desconto para apoiadores das Crônicas da Paisagem).

26.-Toninha-69x69-cm-R-1.60000

A Toninha é o golfinho mais ameaçado da costa brasileira. E o menor. Se desloca em pequenos grupos familiares que há anos são monitorados por um grupo de pesquisadores preocupados com as ameaças à espécie. Antigamente eles faziam este trabalho de avião, mas isto não permitia uma boa visualização dos grupos.  Mais tarde, o helicóptero melhorou a visualização. Mas o barulho afugentava as toninhas. Até que surgiu a tecnologia do drone, e isto permitiu um entendimento muito melhor do comportamento deste animal. Esta pintura foi iniciada  durante um evento do Dia da Toninha, data criada pelos cientistas brasileiros, para alertar sobre os perigos que a espécie enfrenta. A pintura é uma acrílica sobre tela, que para minha surpresa saiu assim, sem os detalhes que antigamente eu me cobrava de maneira quase tirânica… 69  x 69 cm – R$ 1.600,00. Disponível para aquisição (com 20 % de desconto para apoiadores das Crônicas da Paisagem).

28.-Histiotus-velatus-39x31-cm-R-80000

Existem algumas obras que agradam menos ao artista que as executa. Esta é uma delas. A concluí entendendo que essa era a melhor solução para o que havia surgido na tela depois de algumas camadas de tinta à procura de um tema convincente. Até que surgiu a ideia do morcego. Nebulosa, como nebuloso é o nosso entendimento do seu papel na natureza. O inofensivo morcego nativo representando, não me incomoda. A sombria mas necessária cidade ao fundo, sim. Acrílica sobre tela – 39 x 31 cm – R$ 800,00. Disponível para aquisição (com 20 % de desconto para apoiadores das Crônicas da Paisagem).

Deixe um comentário