Notícias

CRÔNICA – “O ENCANTAMENTO”

O ENCANTAMENTO

Durante mais de cinquenta anos vivi numa só cidade. Mas esta cidade, pouco a pouco tornou-se tão grande, que um dia acabou perdendo as suas margens. E em meio a tantos excessos daquele gigante que ela havia se tornado, estranhamente, algo começou a faltar. Um incompreensível sentimento de não mais fazer parte dela foi crescendo, até que por obra do destino, tive de me mudar. Vim para um lugar que eu supunha conhecer, mas ele era tão repleto de horizontes, que me perdi em seus intermináveis caminhos.

4.Morro-das-Furnas-janeiro-17-40x60cm

De Torres, consegui ver Porto Alegre. E o que vi já não era uma cidade, mas algo muito além disso, para o qual eu estava definitivamente incapacitado. Em Torres, quando descobri a natureza intacta, indiferente ao insistente avanço da cidade, embarquei numa relação com a paisagem que me tomou os dias. O mar, pai de todos, estava lá, murmurando a sabedoria dos milênios, e o limite que ele parecia impor aos projetos humanos, me revelou o quanto eu era pequeno.

12.-Aurora-em-Torres-abril-de-2017-

Essa percepção despertou uma paradoxal autoconfiança. Senti então emergir em mim algo muito remoto, já esquecido: a noção de pertencer a um lugar. E me vi numa nova realidade, na qual não é o homem que modela os lugares, mas o contrário.

11.-Do-Mar-as-Furnas-Abril-2017-150x50-cm

Lamentei profundamente todos os lugares desfigurados pelos homens. Mas afinal entendi, que ao fazerem isso, o fazem a si próprios. Por isso, a Torres que celebro hoje em minhas pinturas, não é cidade, mas lugar. Pinto para reconhecer este terreno. E humildemente, contribuir para que esta cidade que se agita, tão ausente de suas belezas, sinta-se um pouco mais ciente do lugar onde está provisoriamente hospedada. Nesta frágil investida contra a insensibilidade moderna, descubro aqui, preciosas pessoas empenhadas na mesma tarefa. E afinal, descanso.

Jorge Herrmann

As obras que ilustram esta edição, estão disponíveis para aquisição no TERRITÓRIO DA ARTE, atelier de Jorge Herrmann, (rua José Picoral, 174 sala 3, em Torres/RS), ou pelos contatos: arte@jorgeherrmann.com / facebook.com/jorge.herrmann.t / (51) 992.407.038. São estas, pela ordem de aparição:

1) “A Cal e o Morro” – Torres/RS (acrílica sobre tela – Jorge Herrmann – 60 x 40 cm – R$ 600,00);

2) “Aurora em Torres” (acrílica sobre tela – Jorge Herrmann – 100x 60 cm – R$ 1.050,00);

3) “Do Mar, as Furnas” – Torres/RS (acrílica sobre tela – Jorge Herrmann – 150 x 50 cm – R$ 2.000,00);

Deixe um comentário