Arquivo da Categoria ‘Sem categoria’

CRÔNICA – “AS DUAS TORRES”

domingo, 31 de dezembro de 2017

AS DUAS TORRES

Dezembro de 2017

Numa cidade que não sabe respeitar seus próprios limites, tudo rapidamente torna-se descartável.  Numa cidade assim, que não hesita em derrubar qualquer vestígio do que foi um dia, o futuro é sempre traiçoeiro. Numa cidade assim, toda paisagem corre risco… a qualquer momento ela poderá virar apenas dinheiro. Uma cidade assim, que se distorce, se desfigura, e que cresce sem saber por que, não é cidade. É cidadela de uns poucos. Nesta cidade, como num passe de mágica, velhas e encantadoras casas desaparecem da noite para o dia. E como num pesadelo, o passado é sumariamente apagado. Brotam em seu lugar, muros e edificações sem poesia, que alguns pensam ser o futuro. Esta cidade não me interessa. Pois minha cidade é uma outra, que habita este mesmo lugar. Nesta, desenho e pinto, como se minhas linhas e pinceladas pudessem apagar a falta de poesia que rouba a cara das paisagens.

10.2017-23.10.17-15-horas

Nesta cidade, que é suave e em tudo contrasta com a outra, que é tosca, tem mais gente que desenha, que pinta, que esculpe, modela, faz música, verso, teatro e dança. Aqui também se escreve, se resgata memória, se frui e se respira cultura. Nesta cidade, onde vive gente sensível e inteligente, está o lado sustentável do lugar a que chamam Torres.

22.-O-Morro-Explodido-35-x-26-cm-Novembro-2017

Aqui, enfim, vivemos, dialogando com este lugar que nos acolheu, sinalizando uma alternativa de futuro que a outra cidade, aquela que se afoga em dinheiro, ainda não entendeu. Lá do futuro, os que ocuparão este lugar depois que todos partirmos, nos observam. Deles é este mundo que estamos semeando.

12.2017-I

Para aquisição das obras que ilustram esta crônica, entre em contato neste site ou através de: arte@jorgeherrmann.com / www.facebook.com/jorge.herrmann.7 / (51) 992.407.038. Por ordem de apresentação na crônica, são estas as obras: 1) “23 de Outubro, 15 horas” (desenho com grafite – 19 x 13 cm – R$ 110,00); 2) “A Ponte do Morro das Furnas” (acrílica sobre tela – 35 x 26 cm – R$ 450,00); 3) “Dezembro de 2017 I” (desenho com grafite – 13,5 x 15 cm – R$ 110,00).